Quotes - A culpa é das estrelas

domingo, 16 de fevereiro de 2020

A culpa é das estrelas
Título:
A culpa e das estrelas

Autor: Jhon Green
Editora: Intrinsica 
Ano: 2013
Páginas: 288
Nota: ★★★★★
Clique para adiquirir
Sinopse: Hazel foi diagnosticada com câncer aos treze anos e agora, aos dezesseis, sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões. Ela sabe que sua doença é terminal e passa os dias vendo tevê e lendo Uma aflição imperial, livro cujo autor deixou muitas perguntas sem resposta. Essa era sua rotina até ela conhecer Augustus Waters, um jovem de dezessete anos que perdeu uma perna devido a um osteosarcoma, em um Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Como Hazel, Gus é inteligente, tem senso de humor e gosta de ironizar os clichês do mundo do câncer a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas. Com a ajuda de uma instituição que se dedica a realizar o último desejo de crianças doentes, eles embarcam para Amsterdã para procurar Peter Van Houten, o autor de Uma aflição imperial, em busca das respostas que desejam. Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar. Adicione ao skoob
      A culpa é das estrelas é um dos meus livros xodozinhos da vida, daqueles que você sempre pega para reler os trechos preferidos grifados, acredito que há essa altura resenha seja desnecessária né:?, Porém queria deixar registrado aqui meus quotes preferidos, então vamos lá.
A culpa é das estrelas - Jhon Green
A culpa é das estrelas
Quotes

'' Senhor, dê-me serenidade para aceitar as coisas que não posso modificar, coragem para modificar as que posso, e sabedoria para reconhecer a diferença entre elas.'' pág.16

'' O lar é onde fica o coração... Amigos de verdade são difíceis de encontrar e impossíveis de esquecer... Família é para sempre...'' pág. 31

'' As vezes as pessoas não têm noção das promessas que estão fazendo no momento em que as fazem.'' pág. 61

'' Esse é o problema da dor... Ela precisa ser sentida.'' pág. 63

'' Mas eu acredito em amor verdadeiro, sabe? Não acho que todo mundo possa continuar tendo dois olhos nem que possa evitar ficar doente, e tal, mas todo mundo deveria ter um amor verdadeiro, que deveria durar pelo menos até o fim da vida da pessoa.'' pág. 74                                            

'' Você precisa escolher as causas pelas quais vai lutar nesse mundo, Hazel...'' pág. 129

'' Estou apaixonado por você e não quero me negar o simples prazer de compartilhar algo verdadeiro. Estou apaixonado por você, e sei que o amor é apenas um grito no vácuo, e que o esquecimento é inevitável, e que estamos todos condenados ao fim, e que haverá um dia em que tudo o que fizemos votará ao pó, e sei que o sol vai engolir a única Terra que podemos chamar de nossa, e eu estou apaixonado por você.'' pág. 142

'' O mundo não é uma fábrica de realização de desejos...''pág.195

'' Estou em uma montanha russa que só vai para cima. E é meu privilégio e minha responsabilidade seguir nessa montanha - russa até o topo com você.'' pág. 197

'' A ignorância é uma benção.'' pág. 199

'' Alguns infinitos são maiores que outros. '' pág. 210

'' Você me deu uma eternidade dentro dos nossos dias numerados, e sou muito grata por isso.'' pág. 235

'' Meus pensamentos são estrelas que eu não consigo arrumar em constelações.'' pág. 281

'' ... as marcas que os seres humanos deixam são, com frequência, cicatrizes...'' pág. 281

'' Não dá para escolher se você vai ou não vai se ferir nesse mundo, meu velho, mas é possível escolher quem vai feri-lo. Eu aceito as minhas escolhas. Espero que a Hazel aceite as dela.'' pág. 283

     Então é isso, um livro lindinho daqueles romances que da um quentinho no coração. Uma leitura rápia e gostosa que vai te fazer sorrir, chorar e se apaixonar. Já devo ter lido e relido umas quatro ou cinco vezes rs.

Bjoss até a próxima.



Sobre o autor: John Green cresceu em Orlando, Flórida, a uma pequena distância da Disney World. Se mudou para Ohio para cursar a universidade, onde estudou Inglês e Religião. Por vários meses antes se graduar, John trabalhou como capelão em um hospital infantil. Enquanto estava lá, teve a inspiração para escrever seu primeiro romance, Quem É Você, Alasca?, que se tornou um bestseller nos Estados Unidos e ganhou muitos prêmios literários, como o Michael L. Printz Award nos EUA e o Silver Inky Award na Austrália. O segundo romance de John, An Abundance of Katherines, foi publicado em 2006 e se tornou finalista do Los Angeles Times Book Prize e também nomeado livro de honra do Michael L. Printz. Paper Towns, publicado nos EUA em 2008, estreou em quinto lugar na lista dos mais vendidos do The New York Times e ganhou o Edgar Allan Poe Award pelo melhor romance de mistério. Em 2009, Paper Towns foi eleito em primeiro lugar por mais de 11 mil leitores no Top 10 dos Adolescentes da American Library Association.No seu tempo livre, John é um grande fã do Campeonato Inglês de Futebol, mas ele não fala para que time torce, porque não quer alienar possíveis leitores.


   

2 comentários

  1. Oi!!! Acabei chegando aqui no blog agora e farei de tudo para ir acompanhando os posts!
    Impossível chegar num post assim e não sentir a alegria e a tristeza que este livro/filme nos causaram.
    Amei os quotes!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir